Pato Mandarim Branco

Pato Mandarim Branco

Casal
R$ 1.500,00

Femea
R$ 800,00

Macho
R$ 800,00


GALERIA DE IMAGENS



DESCRIÇÃO


Mandarim Branco
 
O Mandarim Branco é, no seu direito, considerado pela maioria como um dos patos mais ornamentais do mundo. O Pato Mandarim Branco é uma ave aviária popular e vista de forma recorrente em muitas coleções. Estes são proximamente relacionados com o pato-carolino norte-americano e ambas as espécies são os únicos membros do género. Apesar da relação próxima, existem somente alguns relatos de hibridação, mas nenhum foi alguma vez documentado ou provado.
Os mandarins brancos NÃO são híbridos, são na realidade uma Mutação, que ocorre de forma natural na natureza. A razão porque não é vista com regularidade, é porque estas aves coloridas são muitas vezes predadas devido à sua cor clara, que faz com que elas se destaquem.
O marreco é um dos patos mais bonitos do mundo e bem diferente de outras espécies. A testa é de uma cor clara amarela que se arrasta até à parte de trás do pescoço. O peito é também de uma luz clara amarela com um lustre muito pálido ao longo do mesmo. Os flancos laterais são brancos e as penas da asa são todas brancas, bem como as penas da cauda. A barriga, por sua vez, tem um branco puro. A fêmea é um branco puro sem outras marcas, além das poucas marcas leves amarelas que irá encontrar no peito.
 
 
Reprodução
 
Tal como o pato-carolino, os mandarins requerem caixas de nidificação para se aninharem. A época reprodutiva começa no final de abril, quando a fêmea começa a chocar os seus 8 a 12 ovos, que são incubados durante aproximadamente 28 dias. As fêmeas são boas mães e irão criar os seus jovens, se as deixarem. Os patinhos crescem rapidamente e são capazes de voar às 8 semanas. Eles são capazes de se reproduzirem no primeiro ano, mas a fertilidade é melhor durante o segundo ano.
 
 
Comentários Gerais:
 
O Mandarim Branco é comum na maior parte das coleções, no entanto é ainda considerado como sendo difícil de encontrar. 
O mandarim é uma excelente ave para o iniciante. Eles portam-se bem na maioria dos aviários, bem como com a maior parte das outras aves. Contudo, o excesso de aves irá levar a brigas entre machos por território.